22.6.13

FILME TRISTE

Não faz assim que eu não gosto! Quero ver primeiro a seleção e depois...

Fui, gentilmente, convidado pela Sinhá Catarina, que não sei de onde saiu pra dançar atrás do trio elétrico no ‘bloco dos indignados’. Logo eu.
No convite, acentuou várias vezes que o MPL é pacifico e apartidário. Não precisa comprar Abadá branca, mas de vermelho não entra.  
Tinha muita gente acreditando e foi. Alguns puteavam no trecho dedilhando, exibindo e consumindo o androide. Coisa de otário. Estava lá por conta do Face e do Twitter! Sem conhecer política arrebentam a economia e a soberania do país. Não sei de nada, mas estou na onda me atualizando, meu!: diz a figuraça.
Aí, a fila andou. Zilhões de protestantes, pacificamente, encarando gás de pimenta, lacrimogênio e fumaça de bomba vencida com defeito técnico e moral. Não soube de outras bombas de fumaça, nem pó de unha, Manga Rosa. Cavalaria e pivetada, ecstasy em branco e preto, ralavam um forró no asfalto, agitando o pavilhão verde amarelo cantando o hino Nacional; tudo na TV. É a Globo no galinheiro.
Na seleção dos traidores do Mano, não tinha Pato nem Ganso. O Neymar penteava pra Nike a macaca Cuta do Sheik, e a TV agitava a arquibancada. O locutor baderneiro avisava que depois do jogo, indignados sem vale transporte, os esperavam na porta pra um rolé de parceria.
Quando terminou o jogo, na Bahia, saíram todos e foram atrás do Trio Elétrico; “só não foi quem já morreu”. Lá é assim.                                                            
O Sakamoto, aquele do Blog, escreveu no dia 21-06: “... o Brasil é bem conservador – da ‘elite branca’ paulistana à chamada ‘nova classe média’ que ascendeu socialmente tendo como referências símbolos de consumo (e a ausência deles como depressão). É uma população com 93% a favor da redução da maioridade penal. Que acha que a mulher não é dona do seu corpo. Que é contra o casamento gay. Que tem nojo dos imigrantes pobres da América do Sul. Que apoia o genocídio de jovens negros e pobres nas periferias das grandes cidades. Ou seja, não é por que centenas de milhares foram às ruas por uma pauta justa que a realidade mudou e vivemos agora em uma comunidade de Ursinhos Carinhosos”.
O Movimento Passe Livre, depois de tudo, encerrou as atividades. Problemas com o patrocinador. Já vi esse filme. Quebrou a vidraça e correu.
Filme triste, como aquele produzido pela Liga das Senhoras Católico de SP em 1964. Agora esses ‘jovenzinhos’, que nunca andaram de ônibus, deixaram o palco incendiado para dar lugar a uma frase do Nelson Rodrigues: “Os jovens têm todos os defeitos dos adultos e mais um - o da imaturidade”.
Ventura Picasso – 21062013 - 2176
http://picture.pixmac.com/4/funny-clown-without-people-pixmac-picture-43684641.jpg
  


2 comentários:

Célia Rangel disse...

E, prepare-se Ventura, pois hoje a manifestação será regada a muito macarrone, pois em pizza já sabemos que terminará... é só escolher o sabor...
Abraço, Célia.

Ventura Picasso disse...

Célia estou preocupado. Os políticos, anônimos, sonham em tomar o poder. Destroem o país se for preciso. E esses caras da mídia escondem a verdade. Se fosse por desemprego, já chegamos a ter 12 milhões de desmpregados, tudo bem. O resultado do desemprego é a fome, a falta de moradia, inflação etc, mas corrupção é caso de polícia; quem perde tempo fazendo denúncia de corruptos? A reforma do judiciário está atrasada; a segurança pública nos estados é um lixo - certamente, como vc fala: a pizza está assando...
bjs