23.10.14

Economia deve reeleger Dilma



23 de outubro de 2014 - http://altamiroborges.blogspot.com.br/2014/10/economia-deve-reeleger-dilma.html
Por Eduardo Guimarães, no Blog da Cidadania:


A esta altura, a presidente Dilma Rousseff deve estar refletindo quanto lhe custou escutar ex-assessores que pregavam que ficasse silente diante do avassalador noticiário terrorista quanto à economia. Nova pesquisa Datafolha, feita na terça-feira (21), mostra o que manchete da Folha de SP desta quarta qualificou como “disparada” de otimismo econômico do país.

Os dados são estarrecedores. Como é possível que em menos de dois meses de propaganda eleitoral no rádio e na TV as pessoas tenham mudado tanto de opinião? O que aconteceu na economia que justificasse uma reversão tão grande de expectativas? Os gráficos da Folha mostram o fenômeno em sua completude.

Em junho, 2/3 dos brasileiros acreditavam que a inflação iria subir. Míseros 21% achavam que ficaria no ritmo em que estava e microscópicos 8% achavam que iria diminuir. Sessenta e poucos dias depois, 56% acham que os preços ficarão como estão ou vão diminuir e uma minoria de 31% acha que vão aumentar.

Na questão do emprego, porém, é que o fenômeno parece ainda mais gritante. Com a taxa de desemprego caindo há anos, mês a mês, mesmo assim, em junho, 48% dos brasileiros achavam que poderiam perder o emprego. Só 28% achavam que o desemprego ficaria no mesmo patamar e míseros 18% achavam que iria cair. Hoje, 64% acham que vai diminuir ou ficar como está.

Há pelo menos dois anos que a mídia, vem martelando que haveria piora econômica. Em junho, essa pregação obteve o seu melhor resultado. Havia quase um clima de pânico no país. Todavia, bastaram pouco mais de meia dúzia de semanas para que um terrorismo econômico vendido por tevês, rádios, jornais, revistas e grandes portais fosse solenemente enterrado.

Em 26 de setembro, este que escreve participou de entrevista que Dilma concedeu a blogueiros. A pergunta que fiz foi considerada um pouco “agressiva” por alguns. Quis saber da presidente se, em eventual segundo mandato, seu governo continuaria “apanhando calado”. Dilma respondeu que, infelizmente, teria que adotar um caminho que tentou evitar.

A pesquisa Datafolha recém-publicada mostra quanto sentido fez e faz a pergunta que fiz à Presidente. Meramente reagindo ao terrorismo econômico, a campanha da reeleição destruiu o discurso da mídia e da oposição.

Hoje, a maioria sabe em que contexto alguns indicadores econômicos pioraram, o contexto de uma crise internacional que a mídia escondia em tentativa – até certo ponto bem-sucedida – de atribuir os problemas a “má gestão”. A recente pesquisa Datafolha é ruim para Aécio Neves, mas é muito pior para uma mídia na qual a maioria dos brasileiros não confia.

Postado por Miro às 09:58
 

4 comentários:

Célia Rangel disse...

Há um arrumar da casa para uma festa... Assim é que vejo o meu país... De um lado anfitriões pouco educados, e insatisfeitos, querendo ética e bons modos... Do outro o "jogar a sujeira debaixo do tapete" para que os convidados não percebam... Desfralda-se um véu da ignorância onde lobos em pele de cordeiros tentam marionetar-nos, camuflando verdades visíveis à olho nú! Haja paciência até a hora do fim-de-festa! Ressaca na certa!
Abraço.

Ventura Picasso disse...

Bom dia Célia - A festa acabou:

"Nesta vitória da Dilma o que mais me alegra é ver os comentaristas da Globo se lamentando e saber que os reacionários viram os seus planos de ganhar mais força frustrados. Venceu o PT contra o retrocesso. Menos mal". (Luciana Genro)

Mafuá do HPA disse...

caro Ventura
Boas reflexões, mas muitos não querem mais entender nada disso, infelizmente, preferindo aceitar tudo passivamente vindo do lado mais odiento desse estado e país. Continuamos na lida, na mesma linha de ação. NAs ruas e nas lutas.

Experimente conhecer meu blog pessoal, o Mafuá do HPA (www.mafuadohpa.blogspot.com), com um texto novo por dia, algo pessoal mantido desde 2007, falando de tudo um pouco e muito de minha aldeia, BAuru SP. Vamos continuar mantendo contato.

Abracitos bauruenses. Virei seu seguidor
HPA - Henrique Perazzi de Aquino

Ventura Picasso disse...

Agora é a vez dos CONSELHOS POPULARES - o congresso vai suar a camisa para impedir, mas vamos pras ruas - é mais uma batalha...
Henrique,
Abração