8.12.16

SAI DE PERTO DE MIM



VENTURA PICASSO
 
Araçatuba perdeu o jogo. Ninguém há de lembrar quem foi o prefeito eleito em 2008. A não ser, talvez, pela concessão do DAEA ou pela canja dada à Arapark Zona Azul, hoje sitiando o território urbano, a bel prazer sem prestar contas à sociedade. 
World Of Buzz- worldofbuzz.com
   
Dois motivos que nos fará lembrá-lo pelo dinheiro que nos custará, a água por ser gênero de primeiríssima necessidade, e o estacionamento público. Água insubstituível e a vaga vendida com pagamento antecipado, uma máquina de fazer dinheiro, a custo zero para a Arapark.

44 milhões de analfabetos funcionais? 

A velha e explorada massa de manobra como a Gení do Chico: “Ela é um poço de bondade”. 

Quando apareceu o ‘Vem pra rua’, ele foi. 

Eleito por média, com 1678 votos defendendo, primeiramente, o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Em seguida, para mostrar disposição, desandou falação pra cima da Câmara de Vereadores de Ata. Foi de Dunga a Zangado, ‘genericamente’ democrático, distribuindo adjetivos envenenados. 

A presidenta não reclamou, mas visitando seus futuros ‘colegas’ vereadores, de repente, ‘não mais que de repente’, quando deu por si, o calouro foi abalroado pelo veterano edil Arlindo Araújo. 

Não é essa Cocacola toda, o vereador Arlindo, desde sua primeira vitória eleitoral, que não são poucas, sem dúvida, foi sempre o melhor vereador da cidade. 

― “Sai de perto de mim”! 

Almir Fernandes Lima, desencostando encontrou e leu o que sobrou de uma frase semi-oculta pelo telão: “Todo o poder emana do povo e em seu nome será exercido”!

Eleito pelo PSDB de FHC, que encomendou a tese do golpe, o golpista mor, o futuro vereador não quer atingir Temer neste final de ano. 

Aí tem coisa.

Sr. Candidato: Deixando de lado os problemas nacionais que não são de sua competência, quais os projetos para beneficiar os munícipes da cidade, o que pretende anunciar no primeiro dia do mandato? 

Vai questionar a concessão do Daea; ou preparar uma Ação Civil Pública contra a poderosa Arapark? Com lixão ou sem lixão? Prefere a bancada do povo ou a do governo? 

Falando ao Periscópio Lima blinda Temer o interino recusado, manipulando uma plebe desorientada que estará se aposentando, após 49 anos de contribuições, aos 65 anos de idade. 

Dos 44 milhões apenas uma pessoa viu a ousadia do Almir Lima, de mãos dadas com MBL e Vem pra rua, no convite: “No (do) Temer não”! 

“Estava escrito nas estrelas”; O canto da Tetê Espindola, veio a calhar. 

O engenheiro e astrofotógrafo Rodrigo Andolfato, colhendo espetacular imagem, registrou a galáxia de Andrômeda a mais de 2,5 milhões de anos luz distante de Araçatuba. (Vale a pena observar).

Enxerga longe...

Não precisou do telescópio para focar as intenções do bronco recém eleito, e perguntou: Almir,

“Por qual razão pouparia Temer? Será que o ‘presidento’ não é corrupto?”, comentou Andolfato entendendo que a nomeação de ministros, por serem cargos de confiança, leva à escolha de “amigos corruptos”. E continua: “O povo que te colocou aí, o fez pela sua intrepidez e coragem para retirar os corruptos do poder, não o PT pura e simplesmente! Entendo que apoiar a decisão da maioria não gasta tanta energia quanto apoiar aquilo que de fato é correto”. (Folha da Região). 

O século das grandes surpresas, tapando a boca com as mãos, o supremo conchavo entre os três poderes, ultrajou a constituição.

Curto, grosso e rápido. Ninguém há de lembrar quem foi o prefeito de Araçatuba eleito em 2008.

Foto: supermoon-sighting-spain-Sergio Perez - Reuters
2846

2 comentários:

Célia Rangel disse...

Devaneios tais quais por aqui... Empreitada "Mamãe Noel" - prefeita presa e ninguém sabe de nada, viu nada, fez nada... Triste fim da "Califórnia Brasileira"... Descaso total... Era tudo cor-de-rosa... Agora, meu caro Ventura, os ventos brasilienses sopraram por aqui e tudo acinzentou-se...
Voto? Em quem? Para quê?
Abraço.

Ventura Picasso disse...

Estamos emparelhados - aqui as notícias dos jornais distribuem matérias do Estadão, Globo e Folha - o herói da TV é o Temer - o Vem pra rua é contra a 'corrupção' e a favor do "presidento"... Certamente não haverá convulsão social, somos brasileiros e nos adaptamos facilmente à nova realidade.